30/11/2020

AutoVist, empresa pertencente ao grupo ForRisk, possibilita vistorias a distância e fortalece o elo entre cliente e seguradora

AutoVist, empresa pertencente ao grupo ForRisk, possibilita vistorias a distância e fortalece o elo
Startup criada em 2017 permite que o próprio segurado faça a vistoria do seu patrimônio utilizando o smartphone

A plataforma intuitiva da AutoVist ganhou força entre as seguradoras neste período de distanciamento social. Com modernidade e rapidez, o sistema permite que seguradoras consigam padronizar o processo de inspeção de análise de riscos da vistoria. Desse modo, o segurado é o agente vistoriador, responsável em mandar informações à companhia conforme orientações pré-estabelecidas, padronizando assim o processo da seguradora.

“O índice de vistoria física diminuiu com a pandemia, mas a exigência do diagnóstico continuou. A AutoVist faz total sentido para este momento”, explica Umile Ritacco, diretor de produto e negócios da ForRisk.

Inviabilizada pelo avanço da covid-19 no país, a visita dos agentes deixou de ser fundamental. O distanciamento social obrigou empresas a utilizarem a vistoria mobile, oferecendo aplicações em carteiras distintas, desde bicicletas, ao auto, residencial, empresarial, ou para qualquer bem material que necessite de inspeção.

Para o diretor de operações e inovações da ForRisk, Daniel Figueiredo, a presença do profissional continua sendo importante no processo de vistoria, mas com a pandemia a AutoVist é imprescindível.

“Disponibilizamos para seguradoras uma plataforma altamente eficaz, moderna e segura, que contempla as informações pertinentes ao risco, ao CPF ou CNPJ, e demais informações necessárias para a avaliação de risco. Enquanto isso, o segurado tem em suas mãos um sistema fácil, atraente e muito intuitivo”, pondera.

Já Umile afirma que a presença física nesse segmento vai continuar, mas a tendência é ser utilizada para riscos que apresentem indícios desfavoráveis à aceitação pelas seguradoras. A vistoria virtual terá um índice de assertividade cada vez mais alto, e será equivalente ao risco que o segurador pretende taxar. Os investimentos da Autovist neste sentido em treinamento de máquinas (Inteligência Artificial) nos apontam cada vez mais para esta direção. Trabalhamos para que a seguradora realize todos os tipos de vistoria seguindo seus critérios e regras de aceitação.

Em relação a segurança, as companhias percebem cada vez mais que o uso dessa ferramenta digital é assertiva e segura. “As empresas vêm descobrindo diversas vantagens em disponibilizar a vistoria mobile para seus clientes. A AutoVist se tornou uma prestadora de serviços versátil e completa, que se ajusta dentro do que uma companhia de seguros precisa. Discutimos sobre o tema com técnicos da seguradora a fim de personalizar o produto e minimizar riscos de fraude dentro das necessidades que ela precisa”.

Inicialmente, o segurado recebe um link acessível por e-mail ou SMS e é direcionado ao webapp intuitivo. Ele é orientado sobre qual a maneira que se deve tirar as fotos do veículo, por exemplo. As informações transmitidas por ele são captadas e levadas em tempo real à área responsável pela gestão de vistoria. “Em um tempo médio de cinco minutos, a análise define a aceitação e pode assim seguir a etapa da liberação da emissão da apólice”, explica Daniel.

Banner Regula

Combate à fraude

A plataforma tem sido muito eficiente, inclusive, no combate a segurados que vão contra a práticas de boa-fé, princípio básico das relações entre seguradora e cliente. Umile explica que é entregue à mesa da companhia um painel inteligente indicando possíveis fraudes. “Levamos inteligência de negócio aplicada ao seguro. Por isso, a AutoVist entrega à seguradora inteligência artificial ligada à nossa expertise de negócio para reduzir fraudes e aumentar sua segurança”.

Essa aplicação da startup endossa o argumento do Daniel sobre ser uma empresa com soluções integradas. “Não somos apenas um sistema de transmissão de fotos. A AutoVist é altamente tecnológica e entrega dentro da plataforma I.A. que auxiliar as seguradoras no combate a fraudes”, expõe.

Daniel Figueiredo
Daniel Figueiredo

Em um país que se adapta aos poucos à LGPD, a startup está bem avançada nessa questão. Todos os dados do cliente são obtidos com transparência e levados ao segurador. Desse modo, a plataforma de análise de risco possui validações primordiais para que a empresa possa realizar a aceitação da vistoria com mais segurança.

A AutoVist alcançou mais de 90% no NPS, uma metodologia que mede o grau de satisfação dos clientes. Umile Ritacco comemora o bom desempenho na avaliação, mas garante que a plataforma terá atualizações, conforme os anseios do mercado. “A empresa trabalha rapidamente para construir integrações em sua vistoria a fim de oferecer aos clientes automatizações na aceitação e na análise de risco”, conclui.

Partículas Seguro Nova Digital

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a 11ª edição da revista:

 

Sergio Vitor, jornalista especializado em seguros

Jornalista e editor da Seguro Nova Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *