Como a adoção de Benefícios Flexíveis se tornou primordial com a pandemia

Como a adoção de Benefícios Flexíveis se tornou primordial com a pandemia
O novo modelo de Gestão de Benefícios proporciona eficiência operacional para a área de Recursos Humanos e atendimento mais humanizado para o colaborador

O home office já é considerado uma tendência irreversível. A prática do modelo de trabalho aumentou ao redor do mundo e passou a ser primordial para que muitos segmentos corporativos continuassem ativos durante o isolamento social para conter a disseminação do Covid-19.

Vários ajustes ainda estão sendo feitos para que os profissionais se adaptem a esse novo formato de expediente e as empresas já começaram a repensar suas estratégias com o intuito de manter a produtividade e preservar a saúde dos funcionários.

Entre os dias 31 de março e 01 de abril, o instituto Ideia Big Data realizou uma pesquisa por telefone com 1581 pessoas, e informou que cerca de 59% da população brasileira acredita que home office vai aumentar após o período de pandemia.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) também divulgou o resultado de sua pesquisa “Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade Redefinida e os Novos Negócios”, que estima que o home office deve crescer 30% após o período.

Entretanto, existem muitas funções onde a aplicação do trabalho remoto não é possível para exercer suas atividades e precisam estar fisicamente na empresa.

Mudanças na Gestão de Benefícios das empresas

Quando a empresa oferece benefícios flexíveis, seus colaboradores podem escolher, seguindo determinados critérios, quais benefícios preferem receber. Sem dúvida, esse tipo de plano evita insatisfações e se mostra eficaz para atender a diversidade de perfis e necessidades dos funcionários.

Um exemplo clássico em época de quarentena é o benefício de Vale Refeição é menos atrativo para o funcionário que está trabalhando de casa e prefere preparar suas refeições.  Diferente daquele que continua trabalhando na empresa e faz suas refeições fora.

Mesmo antes da crise, muitos RHs já tinham identificado que oferecer os mesmos benefícios para todos os funcionários da empresa era incoerente em decorrência da variedade de estilo de vida e de trabalho, já que numa mesma empresa, dependendo do tipo de função, o funcionário poderá trabalhar remotamente ou não.

No Brasil, a implantação de Benefícios Flexíveis (Beneflex) é um diferencial na atração de talentos, visto que permite aos funcionários escolher aquilo que se encaixa melhor às suas necessidades individuais, alcançando melhores índices de satisfação.

Implantando Benefícios Flexíveis

A implantação e o controle do sistema de Benefícios Flexíveis podem ser simples, desde que existam critérios determinados pela empresa, associados a um sistema de pontuação que limite as escolhas.

Cada colaborador recebe seus pontos e distribui entre os benefícios que preferir, de acordo com seu perfil. Por exemplo: Se receber 500 pontos, poderá escolher entre os “produtos” que custam 50, 100, 150 pontos até esgotar seu crédito.

Pensando em apoiar a área de Recursos Humanos, a Ô Insurance criou a Hub de Benefícios 4.0, uma plataforma digital onde os profissionais de RH podem gerenciar todos os benefícios da empresa e suas diferentes características, com real ganho de tempo, evitando erros e reduzindo custos.

Através desse sistema é possível fazer a integração com folha de pagamento, todo controle de sinistralidade e acompanhamento preventivo, a auditoria constante, o acompanhamento do faturamento e rateio. 

Porque oferecer Benefícios Flexíveis na empresa?

Com todas as transformações que estamos vivenciando, principalmente agora com a pandemia do Coronavírus, o posicionamento da empresa para que ela se torne mais tecnológica e consiga sobreviver nessa nova realidade, passa pela preocupação com o bem estar, qualidade de vida e satisfação dos seus funcionários e a adoção dos Benefícios Flexíveis será primordial, visto que as pessoas estarão mais propensas a escolherem empresas que prezam pela satisfação de seus funcionários.






©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.