08/03/2021

CCS-RJ foca na união dos associados para se tornar o maior clube do Brasil

CCS-RJ foca na união dos associados para se tornar o maior clube do Brasil
A nova gestão pretende atualizar e modernizar o estatuto, reeditar o informativo mensal para o formato eletrônico e criar uma célula de apoio para auxiliar nos projetos desenvolvidos pelos corretores

Após um ano de grandes desafios, em que o trabalho presencial passou a ser remoto, e o ambiente virtual se tornou o único meio de comunicação, o Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (CCS-RJ) inicia 2021 com uma nova diretoria cheia de otimismo. Uma das grandes metas da nova gestão é tornar o clube um dos maiores do Brasil, integrando ainda mais os seus associados, tornando-os protagonistas das resoluções do grupo, e se aproximando dos corretores de todas as cidades do estado. Entre as metas estão a atualização e modernização do estatuto, a reedição do informativo mensal eletrônico, um dos primeiros neste formato, e a criação de núcleo de apoio aos projetos dos corretores.

O primeiro passo para o novo estatuto da entidade já foi dado com a criação de um grupo de estudo para a formulação de um texto claro e com embasamento jurídico, atendendo a Resolução SUSEP 382/2020, que dispõe sobre as práticas de conduta do mercado segurador. De acordo com Luiz Mário Rutowitsch, presidente do CCS-RJ, o objetivo da atualização e modernização do estatuto é dar fluidez aos processos do clube, com transparência e respeito ao associado.

“O grande destaque da nossa proposta de gestão é aproximar corretores das demais cidades do estado ao clube. Queremos e estamos empenhados nesse propósito de não só trazê-los como sócios do clube, mas, principalmente, em poder escutar e aprender com esses corretores que não estão na capital. Além disso, desejamos dar mais oportunidades aos corretores em participar do dia a dia e conteúdo do CCS-RJ”, destaca Luiz Mário.

A tecnologia foi uma grande aliada em 2020, devido à pandemia do coronavírus, e permanecerá, mesmo após a vacinação, como uma ferramenta importante de trabalho em 2021, já que muitos empregadores irão optar por um regime de trabalho híbrido e, em menor escala, a manutenção do regime totalmente remoto. Por isso, o CCS-RJ manterá no seu escopo de trabalho as videoconferências e lives, que se tornaram uma ferramenta eficaz e produtiva.

“A tecnologia nos ajudou e nos aproximou das pessoas de uma forma ágil e produtiva. Conseguimos otimizar o tempo muitas vezes gastos no deslocamento e no trânsito para reuniões. No nosso mercado de seguros, tivemos uma evolução rápida e muito significativa em relação a aceitação de propostas on-line e assinaturas digitais. A tecnologia, realmente, veio em definitivo para o mundo todo. E nós devemos aproveitar de forma positiva as ferramentas disponíveis para tornar o mercado cada vez mais produtivo e proativo”, observa a diretora Dayse Magesti.

Neste sentido, o CCS-RJ irá ampliar a participação do clube nas mídias sociais. “Vamos manter as lives com os seguradores para aproximar os sócios das companhias. Além disso, vamos fazer a reedição de nosso informativo mensal eletrônico para todo mercado segurador com a participação das seguradoras parceiras”, pontua Marco Aurélio Marques, diretor tesoureiro.

Partículas Seguro Nova Digital

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a 12ª edição da revista:

VTN Comunicação

A VTN Comunicação foi criada em 1998, com o objetivo de atender o segmento de seguros. A ideia foi trazer para uma empresa prestadora de serviços a experiência profissional nas áreas de Comunicação, Imprensa e Divulgação adquiridas na Fenaseg (atual CNSeg) e na Funenseg (Escola de Negócios e Seguros) para disponibilizar ao mercado, que experimentou na década de 90 um boom de crescimento e modernização fantástico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *