Servidores protestam contra reforma da Previdência na Assembleia de SP

Servidores protestam contra reforma da Previdência na Assembleia de SP

O debate em torno da reforma da Previdência em São Paulo teve quebra-quebra; Servidores protestaram em frente à Alesp

Em uma sessão novamente marcada por protestos, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) tenta votar nesta terça-feira (03) em segundo turno, a proposta de reforma da Previdência para servidores do Estado, em sessão que foi aberta às 9h15.

As galerias da Casa já se encontravam à máxima capacidade logo que a sessão foi iniciada. Nos corredores, o tumulto começou quando a tropa de choque da PM interveio com gás de pimenta para conter a invasão.

Às 10 horas, ambos os sentidos da Av. Pedro Álvares Cabral, entre a Alesp e o Parque Ibirapuera, estavam fechadas por manifestantes.

Leia também:

Marcio Coriolano: seguro no centro das políticas econômicas é estratégico

O primeiro turno da votação dessa proposta também foi marcado por confusão e um placar apertado: somente 57 votos a favor, o mínimo necessário para que fosse aprovada.

Agora, contudo, será necessário a reforma da previdência passar pelo crivo dos deputados em segundo turno.

Fonte: Exame

Você pode debater sobre este e outros assuntos no grupo de WhatsApp da Seguro Nova Digital exclusivo para profissionais de seguros. Faça parte clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top