Setor de seguros fatura R$ 12,2 bilhões em setembro, alta de 10%

Setor de seguros fatura R$ 12,2 bilhões em setembro, alta de 10%

Boletim IRB+Mercado mostra que prêmios emitidos no ano somam R$ 104,1 bilhões, avanço de 15,1% no comparativo com igual período do ano passado. Sinistralidade do setor volta a crescer 

A 13ª edição do Boletim IRB+Mercado, relatório mensal da plataforma IRB+Inteligência, do IRB Brasil RE, aponta que o setor de seguros registrou, em setembro, R$ 12,2 bilhões em prêmios emitidos, alta de 10% na comparação com o mesmo mês de 2020. Já no acumulado de 2021, considerando os nove primeiros meses do ano (9M21), o faturamento atingiu R$ 104,1 bilhões, avanço de 15,1%, ou R$ 13,7 bilhões a mais, frente a igual período do ano passado. O percentual de alta é bem melhor do que os 3,6% de crescimento ocorrido no comparativo 9M20 vs. 9M19.   

O segmento Rural foi o que alcançou o melhor desempenho em setembro: avanço de 48,9%, com faturamento de R$ 1,1 bilhão. No somatório de janeiro a setembro, o segmento atingiu a marca de R$ 7,5 bilhões, avanço de 44,4% e aumento de quase R$ 579 milhões em relação ao ano de 2020. Por outro lado, a sinistralidade subiu de 67,5% para 77,7% no comparativo 9M21 vs. 9M20.

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Detentor do maior faturamento do setor, Vida emitiu R$ 4,4 bilhões em setembro, crescimento de 4,6% em relação ao mesmo mês em 2020. No acumulado do ano, a alta é de 13,9%. Já o segmento Crédito e Garantia registrou faturamento de R$ 359 milhões em setembro, recuando 15,2% na comparação com o mesmo mês de 2020. Esse recuo no mês, no entanto, não foi suficiente para reverter a trajetória de crescimento anual, com alta de 3,3% no comparativo 9M21 vs. 9M20.  

Em setembro, o índice de sinistralidade do setor de seguros voltou a crescer, com alta de 2,7 pontos percentuais (p.p.) na comparação com o mesmo mês do ano anterior, fechando o trimestre (3T21) em 53,1%, o que equivale a um incremento de 8,4 p.p. em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (3T20). No acumulado até setembro, o índice aumentou 7,2 p.p. em relação à taxa dos 9M20 e fechou em 50,6% nos 9M21. 

O Boletim IRB+Mercado resume as operações de seguros a partir dos dados públicos disponibilizados pela Susep em 17/11, considerando os seguros de danos, responsabilidades e pessoas. A edição também lista os cinco maiores grupos seguradores por linha de negócios. A análise está disponível, na íntegra, no site do IRB Brasil RE. No mesmo endereço, o Dashboard IRB+Mercado Segurador permite consulta dinâmica e gratuita às informações de todo o setor.

Leia, por fim, a 19ª edição da revista:




©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.