SulAmérica promove doações para apoiar o combate ao coronavírus

SulAmérica promove doações para apoiar o combate ao coronavírus
Corretores e colaboradores podem contribuir por meio de uma plataforma exclusiva e, ao lado de parceiros, seguradora faz aporte para sistema de saúde

Gestora da saúde de milhões de brasileiros, a SulAmérica segue apoiando a sociedade no combate à pandemia de coronavírus. Entre as medidas propostas pela seguradora estão a doação de recursos que ajudarão a entregar mais de 300 novos leitos às cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo e a abertura de uma plataforma de doação para corretores e colaboradores da companhia.

Em São Paulo, ao lado de parceiros, serão entregues 102 leitos para a Santa Casa de Misericórdia, destinados a atender pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). Serão contemplados 72 leitos de enfermaria e 30 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), que poderão atender mais de mil pacientes internados. No Rio de Janeiro, uma doação foi realizada para construção de um hospital de campanha com 200 leitos, sendo 150 de internação e 50 de UTI, equipados com dispositivos necessários para pacientes de alta complexidade.

Para Gabriel Portella, presidente da SulAmérica, “estamos vivendo uma questão de saúde pública, um momento em que todos nós, sem exceção, podemos precisar de atendimento médico e de cuidados especiais”. Desta forma, Gabriel afirma que é hora de nos unirmos pelo bem comum, de pensarmos de forma coletiva para superarmos o coronavírus. “Nesse sentido, ao somarmos esforços ajudamos com ações efetivas para salvar vidas. Essa doação conjunta demonstra como juntos somos mais fortes”.

Leia a quinta edição da revista:

A cooperação entre as empresas contemplará não somente a reforma e doação dos equipamentos para que os leitos entrem em operação, mas também o custeio de insumos por três meses. Os primeiros 20 leitos da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o maior hospital filantrópico da América Latina, serão entregues em dez dias. No Rio de Janeiro, o hospital de campanha será erguido no terreno que sedia o Parque dos Atletas, região com grande incidência da doença e com expressivos contingentes populacionais. O hospital deve estar em pleno funcionamento dentro de 30 dias.

Em São Paulo, a SulAmérica uniu-se a Rede D´Or e a Qualicorp para que a reforma dos leitos da Santa Casa fosse realizada. No Rio De Janeiro, sob coordenação da Rede D’Or São Luiz, além da SulAmérica, participaram do projeto Stone Pagamentos, Mubadala, Qualicorp, Vale, Movimento União Rio e Banco BV.

Plataforma de doação

A SulAmérica também abriu uma plataforma em que corretores e colaboradores podem fazer doações a partir de R$ 20 até dia 17 de abril. O valor arrecadado será investido em duas frentes: pesquisas feitas pela FioCruz sobre a COVID-19 e compra via Comunitas de EPIs para profissionais de saúde. Quando a doação de colaboradores finalizar, a SulAmérica fará um matching (reforço da doação) que pode chegar a 20 vezes o montante arrecadado.

“Implementamos diversas medidas para cuidar de nossos beneficiários, parceiros, colaboradores e agora vamos apoiar pesquisas e os profissionais de saúde. A solidariedade é um de nossos valores e, por isso, estamos fazendo esta ação de engajamento com nossos colaboradores”, diz Patrícia Coimbra, vice-presidente de Capital Humano, Administrativo e Sustentabilidade da SulAmérica. “Também estamos abrindo a plataforma para doação dos corretores de seguros, pois muitos expressaram vontade de ajudar, mas não sabiam como”, completa André Lauzana, vice-presidente Comercial e Marketing da companhia.

As doações poderão ser feitas para o FUNDO EMERGENCIAL PARA A SAÚDE – CORONAVÍRUS BRASIL, de forma anônima, por colaboradores e corretores de seguros pela plataforma Bsocial. Criado por um grupo de lideranças da sociedade civil comprometida com o investimento social, o Fundo Emergencial tem dois objetivos principais: mobilizar a comunidade filantrópica brasileira a doar para o fortalecimento do sistema público de saúde e criar um canal rápido, fácil e confiável para fazer com que os recursos financeiros cheguem a hospitais públicos e instituições de ciência e tecnologia.

Por fim, você pode debater sobre este e outros assuntos no grupo de WhatsApp da Seguro Nova Digital exclusivo para profissionais de seguros. Faça parte clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top