05/12/2020

Alper Consultoria lança plataforma exclusiva de teleatendimento

Alper Consultoria lança plataforma exclusiva de teleatendimento

A Alper Consultoria em Seguros apresentou o Dr. Alper, uma plataforma healhtech de teleatendimento. O objetivo é contribuir para que todas as pessoas de uma empresa tenham acesso a um atendimento médico de qualidade na primeira consulta. O lançamento da ferramenta inovadora ocorreu na manhã desta quinta-feira, 13, em São Paulo.

Por meio do aplicativo, disponível para download nas lojas virtuais do celular, o usuário informa o que está sentindo e qual tipo de remédio está tomando. Desse modo, o beneficiário será direcionado para um teleatendimento com a presença do médico especialista. O serviço está disponível 24 horas por dia nos 7 dias da semana.

“Gasta-se muito com saúde primária. Criamos, então, uma ferramenta que diminuirá esses custos. Porém, mais do que isso, nosso objetivo é levar assistência médica com teleatendimento a todo o quadro de colaboradores e dependentes de uma empresa”, explicou o vice-presidente de Benefícios da Alper, André  de Barros Martins.

Os benefícios

Com o lançamento, a Alper se torna a percursora de serviço de teleatendimento entre as consultorias. Martins comemorou o feito e apontou quais benefícios o aplicativo trará aos usuários:

  • Teleorientação médica fate-to-face em poucos minutos
  • Atendimento em locais de difícil acesso
  • Consulta humanizada com médicos disponíveis 24h por dia, por 7 dias na semana

Além disso, com o desenvolvimento da ferramenta, a companhia almeja:

  • Incentivar o atendimento médico privado de qualidade
  • Instruir usuários para uma melhor utilização do plano de saúde
  • Mitigar o sinistro e absenteísmo
  • Cooperar com a saúde suplementar do país

Inflação médica

Por muitas vezes, o beneficiário contribui para os chamados desperdícios em saúde. De acordo com o Martins, 14% deles utilizam de forma abusiva a assistência médica. Enquanto isso, 33% dos exames realizados deixam de ser retirados. “É um gasto que as operadoras assumem. Por isso, vamos educar os beneficiários para diminuir os desperdícios”, aponta.

“Por que não fazer esse atendimento inicial de casa? O médico irá fazer as mesmas perguntas que o médico do pronto-socorro, em caso de suspeita de algo mais grave, encaminhará o paciente ao especialista. Se for apenas uma gripe, o médico recomendará o remédio pela própria chamada de teleconferência. Ou seja, o cliente não precisa sair da sua casa e esperar para ser atendido, é muito mais prático e rápido”, explica.

Outro importante benefício é que à medida que as pessoas usam menos o pronto-socorro, o custo dos planos de saúde tende a cair. “Hoje, a inflação médica é muito alta em razão do excesso de utilização. Com o teleatendimento isso diminui, e as seguradoras terão espaço para reduzir os custos dos planos de saúde”, observa.

Sergio Vitor

Você pode debater sobre este e outros assuntos no grupo de WhatsApp da Seguro Nova Digital exclusivo para profissionais de seguros. Faça parte clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *