BB Seguros patrocina projeto de atendimento odontológico a jovens

BB Seguros patrocina projeto de atendimento odontológico a jovens em busca do primeiro emprego e mulheres vítimas de violência
Por meio do Fundo da Infância e Adolescência, a Brasilseg, uma empresa da BB Seguros, patrocina o Dentista do Bem, projeto gerenciado pela organização Turma do Bem que conta com o trabalho voluntário de cirurgiões-dentistas para oferecer atendimento odontológico gratuito à população de baixa renda. A ação atende jovens de 11 a 17 anos e mulheres vítimas de violência.

Fabio Mourão, superintendente executivo de Marketing, Clientes e Planejamento Comercial da Brasilseg, comenta que o patrocínio da empresa contribui para a ampliação dos atendimentos da ONG no município de São Paulo. “O projeto é de extrema importância para garantir o acesso gratuito à saúde bucal e o resgate da autoestima. Consequentemente, há uma melhoria na qualidade de vida das pessoas e mais oportunidades no mercado de trabalho”, diz Mourão.
Os dentistas voluntários atendem em seus próprios consultórios, oferecendo tratamento totalmente gratuito e completo, incluindo, se necessário, radiografias, ortodontia e próteses. Entre os pacientes atendidos, selecionados em escolas da rede pública e organizações sem fins lucrativos, têm prioridade as pessoas com problemas bucais mais graves e mais próximos do primeiro emprego.
Leia também
“Os problemas bucais afetam toda a vida social de uma pessoa. As crianças podem sofrer bullying por causa dos dentes ou mau hálito; os jovens têm dificuldade de arranjar o primeiro emprego e mulheres com marcas no rosto por causa de agressões revivem a violência toda as vezes que se olham no espelho. Oferecer acesso à odontologia a essas pessoas é devolver a dignidade a elas”, acrescenta Ricardo Lauricella, superintendente da Turma do Bem.

O Dentista do Bem é gerenciado pela OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) Turma do Bem, que tem a sua rede de voluntariado composta por 17 mil dentistas espalhada por 1.303 municípios brasileiros, 12 países da América Latina e Portugal. No Brasil, a organização atua há 17 anos e já atendeu 74 mil jovens e mais de mil mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top