25/11/2020
Generali Brasil investe para se tornar a melhor seguradora de Vida em Grupo do país

Generali Brasil investe para se tornar a melhor seguradora de Vida em Grupo do país

Companhia foca no ramo empresarial e em Massificados, carteiras em amplo desenvolvimento

A Generali Brasil passa por mudanças estratégicas, entendendo a demanda do consumidor e os potenciais de negócios do mercado. Desse modo, a companhia se especializa em segmentos que visam atingir cada vez mais pessoas, especialmente as de baixa renda.

Para explicar essa nova fase da seguradora, Stefano Convertino, Diretor Executivo da unidade Generali Employee Benefits (GEB), participou de um bate-papo com a Seguro Nova Digital.

Seguro Nova Digital – O setor de seguros passa por mudanças e está acompanhando os novos consumidores. Por que acreditar que o Seguro de Vida em Grupo faz parte deste novo momento no setor?  

Stefano Convertino – As empresas estão percebendo que com pouco investimento é possível garantir a tranquilidade dos próprios funcionários e familiares em caso de sinistro. 

SND – A Covid-19 contribuiu para a conscientização?

SC – Essa pandemia deixou todos muito assustados.

SND – E o que a Generali Brasil vem fazendo para diminuir os impactos da pandemia aos seus segurados?

SC – A Generali está atuando fortemente em todo o mundo para minimizar os impactos do coronavírus. Já garantia, em suas Condições Gerais do Seguro de Vida, eventos decorrentes de pandemia ou epidemia.

Recentemente lançamos um novo produto voltado à proteção da covid-19 para empresas com mais de 250 funcionários. O seguro prevê a Cobertura de Diária de internação hospitalar, em decorrência da Covid-19, além de uma verba de R$ 3.000,00 após a alta hospitalar, para auxiliar na recuperação em casa com mais tranquilidade.

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Poder oferecer este seguro aos empresários brasileiros, num momento em que milhões de colaboradores estão trabalhando em home office e tantos outros continuam prestando serviços essenciais, é muito importante para os empregadores, trazendo ainda mais segurança a todos os envolvidos.

SND – Com o avanço da Covid-19 no país e, consequentemente, o aumento do desemprego, como está o cenário de Vida em Grupo?

SC – A percepção da necessidade de garantir a tranquilidade dos funcionários aumentou e as empresas estão cada vez mais preocupadas com isso. O seguro de Vida em Grupo vem de encontro a este anseio.

SND – E como estará o panorama de Vida em Grupo após a pandemia? As empresas darão mais valor a essa proteção?

SC –  Com certeza. Os empresários ficaram e ainda estão muito assustados com a transformação dessa pandemia na vida das pessoas e na economia. Poder se prevenir é sempre a melhor estratégia.

SND – Como a Generali Brasil se estrutura para atender essa demanda em meio à pandemia?

SC – Para endossar a necessidade de ficarmos em casa, a Generali e seus parceiros estão atuando fortemente para facilitar a rotina dos clientes e corretores no período de contingência. Nossas equipes também estão ligando para os clientes, oferecendo apoio neste delicado momento, enquanto as equipes comerciais auxiliam os corretores a gerenciarem seus negócios remotamente e de forma cada vez mais digital.

Além disso, nossas apólices de seguros massificados contam com a Cobertura de Medicamentos Genéricos gratuitos, em caso de prescrição médica no Pronto Socorro ou em caso de Internação Hospitalar.

SND – De que maneira incentivar o corretor a se especializar nesse segmento de seguro?

SC – O mercado está em um novo momento, apresentando outras possibilidades. O seguro tem um importante papel social e é nosso dever colaborar para amenizar as perdas de todos os nossos segurados.

SND – Você acredita que o público está mudando sua perspectiva sobre seguros?

SC – Os eventos globais recentes mudaram rapidamente a percepção do público e das empresas sobre a necessidade de contratar e sofisticar suas proteções individuais e coletivas e os corretores têm um papel muito importante neste processo.

SND – Dê um exemplo de proteção.

SC – Um exemplo é o aumento dos riscos de ataques virtuais durante a pandemia, que mostra como pessoas e empresas em trabalho remoto estão vulneráveis em termos de proteção de dados. A Generali registrou um aumento de 60% na procura por seguros de riscos cibernéticos por conta do aumento do trabalho em home office.

SND – É possível dizer que a disseminação do seguro no Brasil é pelo caminho dos seguros empresariais?

SC – Segundo o Sebrae, no Brasil existem 6,4 milhões de estabelecimentos. Desse total, 99% são micro e pequenas empresas (MPE). As MPEs respondem por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado (16,1 milhões), então, temos imensas possibilidades dentro deste mercado.

SND – Para atender essa demanda, quanto a Generali já investiu para aprimorar o atendimento estrutural de toda essa proteção?

SC – Queremos liderar a inovação do mercado brasileiro aproveitando a experiência do Grupo para nos tornarmos cada vez mais uma seguradora digital.

Olho: “A Generali Brasil foca em se tornar a melhor seguradora em seguros Massificados e Seguro de Vida em Grupo do país”

Na luta contra a epidemia de covid-19, todas as diretorias da Generali ao redor do globo estão se reunindo para encontrar caminhos para mitigar os danos que o vírus tem provocado a todas as nações. Este é um compromisso que nossa companhia assumiu e, por isso, estamos nos empenhando para promover vários meios que possam reduzir, de alguma forma, as perdas que o mundo terá com essa pandemia.

O Quadro de Diretores da Assicurazioni Generali aprovou a criação de um Fundo Internacional Extraordinário de até 100 milhões de euros dedicado à luta contra as emergências da covid-19, visando destinar até 30 milhões de euros para a emergência sanitária e focar em situações que tenham impacto direto e significante.

Leia, por fim, a oitava edição completa:

Sergio Vitor, jornalista especializado em seguros

Jornalista e editor da Seguro Nova Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *