19/09/2020
IRB Brasil deve mostrar que tem R$ 1 bilhão para ressarcir perdas de acionistas

IRB Brasil deve mostrar que tem R$ 1 bilhão para ressarcir perdas de acionistas

Fonte: Reuters

Em São Paulo, uma decisão da justiça mandou o IRB Brasil (IRBR3) apresentar a quantia de um bilhão de reais para o caso de ressarcir acionista devido às fortes perdas das ações da resseguradora neste ano.

A decisão da 2ª Vara Empresarial e de Conflitos Relacionados à Arbitragem do Tribunal de Justiça de São Paulo atendeu parcialmente a uma ação civil pública para ressarcir acionistas que buscarem reparação de perdas por meio de arbitragem.

Os autores do pedido avaliam que as perdas totais com a queda das ações do IRB sejam da ordem de quatro bilhões de reais. Isso após eventos que começaram com questionamentos da gestora de recursos Squadra sobre práticas contábeis da empresa.

Mas a juíza Renata Mota Maciel negou o pedido para imediato afastamento de toda a diretoria do IRB Brasil.

Leia também:

Empresas desenvolvem ferramenta que analisa exposição das seguradoras

Resseguradora brasileira apresenta mudanças no Conselho de Administração

“Diante dos graves prejuízos alegados pela parte autora, de fato, mostra-se conveniente que os investidos tenham tutelados seus direitos a partir da garantia de efetivo ressarcimento de seus prejuízos, em caso de procedência do pedido principal”, afirmou a juíza, que negou o pedido de bloqueio dos recursos.

A juíza, no entanto, mandou a empresa mostrar que em um bilhão de reais. Isso, mediante a apresentação das apólices de seguro e condições de cobertura ou via comprovação de contingenciamento contábil para cobrir indenizações a acionistas.

A ação do IRB caiu 9,9% nesta segunda-feira, estendendo a perda no ano para 73%. Sendo assim, a empresa deve divulgar o balanço do primeiro trimestre na próxima quinta-feira.

Por fim, você pode debater sobre este e outros assuntos no grupo de WhatsApp da Seguro Nova Digital exclusivo para profissionais de seguros. Faça parte clicando aqui.

Leia a sétima edição da revista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *