Como planejar sua corretora para ter acesso às linhas de crédito?

Como planejar sua corretora antes de ter acesso às linhas de crédito?
Conseguir um fôlego no caixa das pequenas e médias corretoras de seguros é primordial para a manutenção do negócio. Por isso, especialista dá dicas de grande valor que podem evitar prejuízos aos profissionais

A pandemia afetou trabalhadores autônomos e empregados em pouco tempo. Uma parcela significativa das corretoras de seguros passa por dias impossíveis de serem imaginados no início deste ano. Por isso, manter a saúde financeira neste momento virou uma tarefa extremamente desafiadora.

A fim de atender os corretores, sobretudo os de pequeno e médio porte, linhas de crédito estão disponíveis e podem ser a melhor opção neste momento. Por isso, a SND conversou com o Dr. Marcelo Godke, advogado especialista em direito empresarial. Godke descreveu qual a melhor maneira do corretor conseguir uma linha de crédito sem ter prejuízo.

Seguro Nova Digital – Como as corretoras de pequeno e médio porte podem ter acesso às linhas de crédito com mais facilidade?

Marcelo Godke – A melhor forma de ter acesso às linhas de crédito é por meio de contato com as instituições financeiras que as corretoras normalmente utilizam. O relacionamento é muito importante, pois as instituições financeiras conhecerão as atividades dos solicitantes e os respectivos credit scores. Assim, o caminho adequado é  conversar diretamente com o pessoal do banco de relacionamento do solicitante, inclusive para discutir quais serão as exigências relacionadas às garantias a serem concedidas aos bancos.

SND – De que maneira as corretoras devem se planejar quando solicitar uma linha de crédito?

MG – Primeiramente,  deve  ter demonstrações financeiras em dia. Em segundo lugar, deve tentar disponibilizar algum tipo de ativo  a ser dado em garantia. Os bancos  raramente concedem empréstimos a custos moderados sem algum tipo de garantia. Em terceiro lugar, como acima apontado, precisa ter relacionamento bom com algum banco que esteja disponível a conceder crédito. Evite taxas de juros muito elevadas, pois isso pode representar a derrocada da empresa.

SND – Quais dicas você daria para empresas que farão pela primeira vez um empréstimo?

MG – Precisa pesquisar muito as taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras. Precisa discutir com os gerentes dos bancos as linhas  e crédito disponíveis e, além disso, depois de obter uma oferta firme de um banco, negociar com outro se é possível oferecer algo melhor.

SND – Como os bancos e as financiadoras trabalham a fim de atender esses novos clientes?

MG – Basicamente, os bancos deverão fazer análise de crédito como sempre fazem, solicitar garantias e manter bom relacionamento com seus clientes. Não há nada de muito diferente em relação a outras  linhas de crédito. As instituições financeiras brasileiras devem sempre agir com cautela e de forma a evitar as  chamadas “práticas temerária”. Assim, o banco devem disponibilizar o dinheiro, mas sempre com cautela.

SND A pandemia também afetou a relação de trabalho. Desse modo, aumentou o número de processos trabalhistas. Como a empresa deve se comportar nessa ocasião?

MG – O melhor caminho é tentar renegociar contratos  de trabalho e somente demitir em última  instância.  Várias regras que flexibilizam temporariamente os contratos de  trabalham foram  editadas e  poderão  auxiliar as empresas neste sentido.

Partículas Seguro Nova Digital

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a oitava edição da revista:

Sergio Vitor, jornalista especializado em seguros

Jornalista e editor da Seguro Nova Digital

Jornalista e editor da Seguro Nova Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top