A mulher, o mercado de trabalho e a tão almejada igualdade de gênero

A mulher, o mercado de trabalho e a tão almejada igualdade de gênero

Por: Christiane Hessler Furck*

Artigo escrito originalmente para a 41ª edição da revista digital, publicada em referência ao Dia Internacional da Mulher.

Há muito as mulheres enfrentam desafios no mercado de trabalho, no entanto a área de seguros reflete uma realidade de progresso contínuo, mas que ainda conta com algumas barreiras. Isto porque, embora as mulheres representem mais da metade da força de trabalho no setor, correspondente a 54% dos cargos ocupados em todos os níveis, persistem obstáculos significativos para atingir a almejada equidade de gênero, especialmente porque nos cargos de liderança a proporção é de 2 homens para cada mulher na atualidade. Os números são muito melhores do que no passado quando, a cada 4 homens uma mulher ocupava um cargo de direção no mercado de seguros, todavia as mulheres ainda têm muito que conquistar.

A mulher ainda enfrenta dificuldades quando, em busca de uma vaga, compete diretamente com um homem, sobretudo porque subsiste o preconceito que influencia a decisão daqueles que promovem e contratam, reflexos de estereótipos de gênero culturalmente arraigados e contra os quais as mulheres lutam incessantemente. Por isso as iniciativas que promovem a conscientização e a educação para a equidade de gênero são tão importantes para que a representatividade feminina em cargos de liderança alcance patamares ideais.

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Eu, como advogada especializada atuo há mais de vinte anos no mercado de seguros e ainda enfrento dificuldades no dia a dia por isso acredito que é necessário esforço contínuo e trabalho colaborativo para alcançarmos a tão almejada equidade de gênero. Atuo também como coordenadora e professora de cursos de pós-graduação e extensão em direito de seguros mostrando que a mulher é capaz de desempenhar vários papéis simultaneamente mesmo porque, a meu ver a capacitação e a educação contribuem sensivelmente para que aqueles estereótipos de gênero sejam deixados no passado.

Ademais, é essencial que as empresas do setor de seguros reconheçam a importância da participação da mulher, sobretudo para ocupar cargos de liderança, devendo portanto adotar medidas concretas para proporcionar um ambiente de trabalho saudável, mais justo e inclusivo onde a equidade de gênero seja, de fato, uma realidade e não um sonho distante. Pois, a mulher deve ocupar o cargo e exercer o papel que quiser.

*Christiane Hessler Furck é Advogada sênior de seguros e resseguros





©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.