10/05/2021

Procura por Seguro de Vida cresce entre os jovens

Procura por Seguro de Vida cresce entre os jovens
Na Brasilseg, houve crescimentos expressivos na contratação por pessoas na faixa entre 20 e 30 anos entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021.

O sentido de proteção que os seguros trazem – a chamada cultura de seguros que as seguradoras buscam sempre desenvolver no país – parece estar crescendo pelas mãos do púbico jovem e via o meio digital, como é o caso do seguro de vida.

De acordo com a Brasilseg, empresa BB Seguros, houve crescimentos expressivos de contratação de seguros de vida na faixa entre 20 e 30 anos. O público com até 20 anos cresceu em notáveis 128% entre o início de 2020 e janeiro deste ano. Na faixa de até 25 anos o crescimento foi de 36% e na de até 30 anos o impulso foi de 25%.

Nesse movimento houve também uma redução de dois anos na idade média de contratação de seguros de vida. E, não por acaso, no período o uso dos canais digitais da Brasilseg cresceu e 177%, o que a Brasilseg relaciona também à chegada do público mais jovem, formado, na sua maior parte, pelos chamados “nativos digitais”.

“Há uma maior sensibilização, que é resultado também da pandemia, mas é relevante que um público mais jovem esteja mais atento ao sentido de proteção do seguro e o que ele oferece de benefícios em vida, que é um aspecto importante da nossa apólice de vida”, diz o presidente da Brasilseg, Rodrigo Caramez.

Outro aspecto apontado pela seguradora é que a contratação por pessoas do sexo feminino cresceu 10%. Foram 95 mil novas clientes. Mulheres representam cerca de metade da base de clientes da Brasilseg.

Contudo, no total a carteira de vida da Brasilseg cresceu 21% entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021.

Seguro de vida

Partículas Seguro Nova Digital

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a 14ª edição da revista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *