30/07/2021

Próxima safra de soja pode se beneficiar da contratação de seguros para evitar prejuízos

Próxima safra de soja pode se beneficiar da contratação de seguros para evitar prejuízos
Contratação de proteção para minimizar riscos de danos causados por alterações climáticas deve ser feita com antecedência de dois a quatro meses antes do plantio

Os três meses que antecedem o início de plantio da soja – que ocorre a partir de setembro – são fundamentais para a garantia de bons resultados no momento da colheita. É neste período que os produtores agrícolas fazem o planejamento da produção que vai da busca pelo crédito até a compra das sementes e preparo da terra. Este é o momento ideal também para a contratação de um seguro para proteção contra danos causados por qualquer mudança climática que possa prejudicar a colheita. 

No setor agrícola, o momento mágico ocorre de dois a quatro meses antes do plantio de determinada cultura. “É quando o produtor toma todas as decisões importantes, como a escolha das sementes, adubos, defensivos agrícolas, a necessidade ou não de aluguel de máquinas e o crédito para financiar todo o investimento que é alto. O seguro agrícola é uma garantia que o produtor não perderá este investimento em caso de uma longa estiagem ou excesso de chuva que podem comprometer a plantação”, explica Fernando Renó, Engenheiro Agrônomo e Head de Agronegócios da EZZE Seguros. 

Embora fundamental para garantir a sustentabilidade do setor, o seguro agrícola tem muito para crescer no país. Estimativas apontam que apenas 15% de toda área plantada em território nacional seja segurada. Em um ano com previsão de alterações climáticas marcadas por longos períodos de seca nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, os prejuízos tendem a ser altos. “Além da falta de cultura de seguro, em muitos casos os pequenos e médios produtores ainda subestimam a possibilidade de perdas”, diz Renó. 

O executivo ressalta a importância de pesquisa no momento da contratação de um seguro agrícola. “Além de verificar a cobertura e valor de prêmio oferecidos, itens como agilidade, desburocratização são fatores que fazem a diferença na hora da escolha”, diz. O modelo de negócio da EZZE Seguros, focado no digital, garante atendimento menos burocrático e mais assertivo. “Em até dois dias após sermos contatados, o produtor agrícola já recebe a proposta desenhada de acordo com suas características e necessidades. Nos antecipamos às necessidades dos clientes para ajudá-los a prevenir perdas que podem comprometer o trabalho de uma safra.”

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a 17ª edição da revista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *