Seguro auto: cliente tem o preço mais adequado ao seu perfil em dez anos

Seguro auto: cliente tem o preço mais adequado ao seu perfil em dez anos

Levantamento questiona o modelo “Classe de Bônus” adotado pelas seguradoras em meio ao crescimento do preço do seguro

As seguradoras demoram em média dez anos para oferecer o valor do seguro auto mais adequado ao seu cliente. A análise foi feita por Beto Barros, CO-CEO da Darwin, no Insurtech Brasil 2023, evento realizado nesta terça-feira, 6, em São Paulo. Diante de um crescimento do valor do seguro nos últimos anos, Barros afirma que mais pessoas estão migrando para as Associações de Proteção Veicular, empresas que operam em um mercado desregulamentado.

“A receita aumentou, mas a penetração diminuiu, tornando o setor ainda mais concentrado com 75% do seguro na mão de cinco players”, apontou o especialista. Com a recente aquisição da operação da Liberty feita pela HDI na América Latina, esse número subirá para 85%. “Quanto mais concentrado, pior”, destacou Barros.

Devido à morosa personalização do seguro auto por parte das companhias tradicionais, todos os perfis de segurado sentem no bolso o aumento do valor do seguro. “Temos piorado a penetração na sociedade enquanto assistimos o índice de roubo e furto aumentar em 2022. 70% dos brasileiros deixam de entrar no mercado porque o preço é impeditivo. Quando a seguradora consegue separar o joio do trigo o valor cai pela metade”, analisou o executivo.

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Na análise de Barros, o modelo ‘Classe de Bônus’ adotado pelas companhias para analisar o comportamento do segurado acaba excluindo os bons condutores. “O aumento de preço deixou as pessoas irritadas: o bônus aumentou, mas o preço dobrou? Talvez esse modelo esteja ultrapassado”, questiona o executivo.

A tendência da telemetria

No seguro auto, a telemetria é uma realidade e pode baratear o valor do prêmio, segundo o executivo da Darwin. Práticas como dirigir enquanto mexe no celular podem ser facilmente identificadas pela tecnologia empregada no seguro. Isso define com mais assertividade o perfil de cada condutor, o que ajuda na precificação do produto.

“Existe uma série de oportunidades no uso de dados e em telemetria. Dos 70% das pessoas que não têm seguro auto, 60% pesquisam frequentemente o preço dele. Logo, a análise do perfil do condutor é essencial para diferenciar os tipos de comportamento e, consequentemente, oferecer um valor mais justo”, explicou Barros.

O desafio, no entanto, está em explicar o novo produto com quem está acostumado com as características dos tradicionais. “Muita gente ainda tem receio com o uso de dados, por exemplo. Esse é um desafio que o canal de distribuição tem ao traduzir o ‘segurês’ e usar a tecnologia para facilitar a vida do cliente”, finalizou o executivo.

Leia, por fim, a 33ª edição da revista:


Seguro Nova Digital #33





©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.