Crescimento da construção civil aquece a carteira de Seguro de Riscos de Engenharia

Crescimento da construção civil aquece a carteira de Seguro de Riscos de Engenharia

Especialistas da Berkley Brasil Seguros fala da importância desse seguro para andamento das obras

O Seguro de Riscos de Engenharia é um dos segmentos com maior potencial de expansão do mercado segurador. O principal motivo é o aquecimento da indústria da construção civil no pós-pandemia. Em 2022, o setor cresceu 6,9%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A projeção da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) é de um avanço de 2,5% neste ano.

Investimentos em programas sociais como o “Minha Casa, Minha Vida” geram grandes expectativas na indústria em 2023. De acordo com informações do Ministério do Trabalho, pelo segundo ano seguido o setor liderou a criação de vagas formais entre janeiro e abril, superando as indústrias da transformação, da educação e das atividades administrativas. “Isso nos deixa bastante otimistas para que seja um ano de crescimento dentro da indústria da construção civil”, relata David Oliveira, Superintendente de P&C da Berkley Brasil Seguros.

O executivo explica que o avanço do setor de construção reflete na procura pelo Seguro de Riscos de Engenharia, porque o produto dispõe de proteções essenciais para o desenvolvimento da atividade. “Este tipo de seguro fornece proteção para os empreendimentos em construção. Seu objetivo é fornecer coberturas para prejuízos decorrentes de danos físicos de origem súbita e imprevista, que podem ocorrer durante a execução de uma obra, além de estender a cobertura para danos materiais e corporais causados a terceiros”.

“Trata-se de um seguro allrisks, que cobre danos físicos causados à obra em situações imprevistas”, comenta Oliveira. Corriqueiramente, as apólices apresentam coberturas para:

  • Danos da natureza;
  • Incêndio;
  • Explosão;
  • Roubo/Furto qualificado;
  • Danos a equipamentos;
  • Danos materiais e corporais a terceiros;
  • Acidentes com os empregados da obra.

Um levantamento do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT) mostrou que a construção civil é um dos setores com maior risco de acidente. A contratação do seguro, porém, é facultativa, podendo se tornar obrigatória quando acordado previamente em alguns contratos de execução.

Segundo o Superintendente de P&C da Berkley, algumas construtoras, sobretudo de grande porte, estão aderindo à cultura do seguro e só iniciam suas obras com a contratação da apólice. “Neste sentido as seguradoras vêm fazendo um trabalho importante de divulgação e conscientização, através de treinamentos para corretores e construtoras”, observa.

David Oliveira reforça que o seguro pode ser estendido para cobrir danos corporais aos empregados da obra. Um caso que ganhou repercussão nacional em 2013 foi o acidente durante a construção do Itaquerão, estádio do Corinthians inaugurado um ano depois. O evento ocasionou a morte de dois trabalhadores. “Há possibilidade do segurado contratar a cobertura de Responsabilidade Civil do Empregador, que cobre morte e invalidez permanente total ou parcial, seja para empregados do empreiteiro principal, como para os empregados de subempreiteiros.

Acompanhando a retomada da construção civil no país, a Berkley Brasil Seguros se posiciona como uma das principais empresas do mercado que disponibiliza o Seguro de Riscos de Engenharia aos clientes. O Diretor Comercial e Marketing da seguradora, Roberto Gallego, destaca a expertise da companhia em infraestrutura não só no Risco de Engenharia, mas também no Garantia, carteira na qual a Berkley Brasil Seguros opera há 17 anos.

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

“Para nosso time, o atendimento unido da técnica é primordial para o alcance dos nossos objetivos e satisfação do nosso cliente. Entregamos nossas cotações com agilidade e agregando valor, auxiliando o corretor no processo, procurando as melhores coberturas e condições comerciais para cada projeto”, pondera Gallego.

Conjuntura favorável

Dos 1.500 corretores parceiros da seguradora, hoje 600 produzem no ramo de Riscos de Engenharia. O momento do setor é oportuno para os profissionais, que segundo Gallego, “são de extrema importância. O corretor conhece a particularidade de cada cliente, e unido com sua expertise técnica, constrói as melhores soluções para cada projeto, protegendo a viabilidade econômica, as pessoas e os terceiros em seu entorno”, completa.

Com presença nacional, a companhia auxilia o corretor, por meio do time Comercial e Técnico ao realizar o atendimento por meio das filiais localizadas em São Paulo – capital e Campinas, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, além de uma executiva em home office em Joinville (SC).  A seguradora também trabalha com assessorias em seguros em alguns estados, como Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba, além de atuar nas regiões nordeste e centro-oeste.

“Temos uma diretriz de atendimento e agilidade. Dependendo do tipo de risco, podemos prover uma solução tecnológica ou internalizar o processo com um viés personalizado para cada necessidade. A agilidade na emissão dos processos é uma grande aliada para a Berkley Brasil Seguros”, constata o Diretor Comercial e Marketing da empresa.

Além de trabalhar com os Riscos de Engenharia, a seguradora atua nos ramos de Transportes, Garantia, Responsabilidades (E&O, D&O, RC Geral, RC Ambiental e Eventos)RD Equipamentos, Empresarial e Vida, , e. Todos vendidos por intermédio dos corretores cadastrados.

Leia, por fim, a 35ª edição da revista:





©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.