Susep compõe colegiado do Comitê Interinstitucional da Taxonomia Sustentável Brasileira

Susep realiza audiência pública sobre seguros e previdência sustentáveis

Membros nomeados pelo Governo Federal reúne 27 entidades e é presidido pelo Ministério da Fazenda

O Ministério da Fazenda nomeou na última quinta-feira (18) os membros do Comitê Gestor do Comitê Interinstitucional da Taxonomia Sustentável Brasileira (CITSB), com a finalidade de coordenar o desenvolvimento e a implementação da Taxonomia Sustentável Brasileira, instituído pelo Decreto nº 11.961, de 22 de março de 2024.

A Taxonomia Sustentável Brasileira é um instrumento que consiste em um sistema de classificação que define, de maneira nítida, objetiva e com base científica, atividades, ativos e/ou categorias de projetos que contribuem para objetivos climáticos, ambientais e/ou sociais, por meio de critérios específicos.

Com participação da Susep, o colegiado é presidido pelo Ministério da Fazenda, composto por 22 ministérios, além do Banco Central do Brasil (BCB), Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Para representar a Susep, foram nomeados o Coordenador-Geral de Regulação Prudencial, César da Rocha Neves, como titular, e o Coordenador-Geral de Grandes Riscos e Resseguros, Diogo Ornellas, como suplente.

Na dimensão financeira, a criação do comitê marca mais uma etapa nesse processo de alinhamento nacional, tracionando a agenda de finanças sustentáveis nacionais. O CITSB pretende construir uma metodologia comum para avaliar o impacto social, ambiental e climático das atividades econômicas, e propor formas de fazer seu monitoramento, verificação e relato, buscando maneiras de avançar no escopo da materialidade.





©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.