20/04/2021

Seguradora adota teletrabalho em definitivo

Seguradora adota teletrabalho em definitivo

Um time de mais de 280 pessoas da matriz da Empresa que encontrou sintonia e resultados com o regime de trabalho remoto. Esse é o balanço que a CAPEMISA Seguradora faz em 2021 sobre seus 11 meses com o novo modelo organizacional. Trazido pela pandemia de covid-19 no início de 2020, mostrou-se seguro, produtivo e é apontado como definitivo.

“O teletrabalho é hoje o caminho da empresa. Mesmo com as vacinas e término desse momento de isolamento social, a decisão corporativa é cada pessoa trabalhando da sua casa. Teremos bases fixas apenas em nossas filiais pelo Brasil. A sede do Rio também funcionará como base de apoio,  para reuniões ou apresentações que necessitem de mais infraestrutura. Mas a maior parte das ações será feita em modelo remoto”, explica Patrícia Pacheco, especialista em Recursos Humanos da CAPEMISA Seguradora.

Ela destaca que a empresa manterá seu apoio aos colaboradores com o serviço de atendimento especializado e confidencial para orientações psicológicas, financeiras e até sobre questões jurídicas. “Essas ações seguirão como já foi iniciado em 2020, quando, por exemplo, conseguimos realizar a vacinação da gripe para os colaboradores de 60 anos, nas residências dessas pessoas, além de todos os outros e seus familiares, que foram até a matriz para receber a vacina. Esse olhar e abordagem de cuidados seguirão atentos”, completa Patrícia.

A empresa fez três pesquisas de acompanhamento antes de tomar a decisão final. As análises da pesquisa focaram em adaptabilidade, enfrentamento da empresa ao  covid-19 e o processo de mudança para o teletrabalho.“O retorno que tivemos dos colaboradores vai muito além do ganho de qualidade de vida. Temos casos de pessoas que mudaram para outros estados mais perto de suas famílias; funcionários que estão realizando o sonho de comprar sua casa própria em cidades em que o custo de vida é menor que no Rio de Janeiro, etc”, destaca.

O investimento em tecnologia é outro pilar que possibilitou a mudança. Patrícia conta que o processo de transformação digital corporativa foi acelerado e que nenhum projeto ou negócio importante para o crescimento da companhia foi descontinuado. Esse contexto gerou rápida adaptação dos colaboradores para o teletrabalho. “Esse esforço consistente nos permitiu uma revisão completa em nossos processos, buscando a otimização e agilidade de resposta em todas as áreas do negócio”, descreve.

Esse novo modelo dá segurança aos gestores das áreas, que trabalham com uma nova proposta de gerenciamento baseado na meritocracia. São ações direcionadas pelo programa “Gestão para Resultados” da CAPEMISA Seguradora e CAPEMISA Capitalização. Há um trabalho com indicadores e metas alinhados com o planejamento estratégico da empresa.

Informação e conhecimento também são incentivados. “Oferecemos palestras ao vivo com consultoria especializada no tema e adquirimos cursos que ficam disponíveis no [email protected], nossa plataforma de educação digital novas contratações foram possíveis”, relata. Segundo ela, hoje um colaborador pode gravar e rever uma reunião pelas ferramentas da empresa.

Os colaboradores contam com flexibilidade da carga horária na jornada diária. Não há controle de acessos e os horários de entrada, almoço e saída são acompanhados por cada gestor com a sua equipe. “Estamos pautados na confiança e acompanhamento do que deve ser feito pelas áreas”, explica Patricia.

Contratação: uso de tecnologia sem abrir mão da integração

Todo o processo de contratação foi redesenhado para as boas vindas e a adaptação à nova realidade do teletrabalho. Existem colaboradores que não se conhecem pessoalmente, mas sua integração é feita pela ferramenta de videoconferência, reuniões de aculturamento e encontros informais virtuais, como um happy hour que se transforma em bate papo e troca de informações.

Com base nessa evolução tecnológica e das novas práticas de gestão,  Mauricio Gonçalves, novo colaborador da Empresa, foi contratado. Carioca, ele mudou-se para Macapá, capital do Amapá, para ficar mais próximo de sua família e ter mais qualidade de vida. De lá, em agosto, fez entrevistas e foi admitido pela CAPEMISA como analista contábil.

Ele conta que teve um processo de integração tranquilo com sua equipe. Segundo Mauricio, o teletrabalho contribui com foco nas ações e objetividade no cotidiano. “Posso viver numa cidade mais calma que o Rio, e ao mesmo tempo com um ambiente corporativo como o da segunda maior metrópole do país. A organização da equipe e a gestão das tarefas favorecem a uma adaptação a essa nova realidade que acho surpreendente”, explica. 

Partículas Seguro Nova Digital

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a 13ª edição da revista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *