CORPe Saúde chega a 3,5 mil corretores ativos

Administradora de planos de saúde e odonto realiza investimentos expressivos e cresce exponencialmente no pós-pandemia

Nos últimos dois anos, a CORPe Saúde – administradora de benefícios que até então atuava com nove operadoras basicamente em São Paulo, Grande São Paulo e Volta Redonda (RJ) – chegou a 42operadoras e atuação em 19 estados brasileiros com seguros saúde e/ou odonto. A empresa completou 10 anos de atuação em fevereiro, mas cresceu exponencialmente nos dois últimos. “O ano de 2022 foi muito marcante na história da empresa, tivemos mudança de gestão, de nome e de cultura. A CORPe passou a ter uma gestão muito mais participativa, onde todos os funcionários contribuem, buscam e se beneficiam dos resultados”, afirma o presidente Dirceu Canal.

A estratégia de expansão foca em parcerias com operadoras de todos os portes para atender todos os perfis de clientes, desde gigantes do mercado até pequenas empresas regionalizadas. O diretor Comercial, Claudio Pardal, reconhece a importância de ter um bom portfólio.

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

“O relacionamento com operadoras é fundamental. As operadoras são um elo importantíssimo na dinâmica de vendas, pois nos ajudam a oferecer mais opções de planos para atender diversos perfis de clientes. Esse é o principal link que precisamos consolidar, portanto, precisamos ter bom acesso a elas”, diz. Ele conta que a empresa apostou mesmo em operadoras pequenas e em corretores que não tinham tanta produção em saúde. “Apostamos também nos pequenos, porque acreditamos no seu potencial de gerar volume. Fizemos um trabalho com corretores que estavam mais afastados, enquanto outras administradoras não olhavam para este pessoal, conseguimos que trouxessem quantidade relevante de vidas”.

O diretor defende que a empresa tem realizado um trabalho bastante consistente, principalmente porque está atingindo a base da pirâmide. “Quando trabalhamos mirando no topo há um número limitado de possibilidades, mas quando trabalhamos a base as possibilidades são enormes, ainda mais se considerarmos que temos, ainda, praças cujo potencial absoluto ainda não conhecemos, são lugares pouco explorados, onde temos tido grandes surpresas”, pondera. Contratamos profissionais locais para nos ajudar na expansão, que conhecem o funcionamento do mercado, e com isso ganhamos muitos meses de operação. Adquirimos muita musculatura para agora focar no crescimento da produção, aproveitando o bom momento de conscientização dos brasileiros em relação à importância do seguro saúde, especialmente pós-pandemia”, ressalta.

Leia a reportagem completa na 34ª edição da revista.





©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.