O papel social das companhias durante a pandemia

O papel social das companhias durante a pandemia
Edição da revista

A crise causada pelo novo coronavírus mostrou o empenho e o compromisso que as companhias de seguros têm com a sociedade. As ações para diminuir os impactos do isolamento social nas famílias de baixa renda partem desde a entrega de alimentos até a doação de equipamentos médicos a hospitais públicos.

As primeiras ações começaram quando as seguradoras foram na contramão do mercado e passaram a aceitar pedidos de indenização de seguro de vida em casos de mortes em decorrência da covid-19. A Previsul foi a primeira seguradora a se posicionar e a indenizar segurados que tiveram perdas ocasionadas pela pandemia. A ação, ainda em março, deu início à uma série de outras dentro do mercado.

“Assegurar pessoas é o que fazemos há mais de 110 anos. Considerando o momento crítico que vivemos no país e entendendo que o seguro tem um importante papel social, é nosso dever, como seguradora, colaborar para amenizar as perdas de nossos segurados”, Renato Pedroso, comentou, à época, o presidente, Renato Pedroso.

Renato Pedroso, presidente da Previsul
Renato Pedroso, presidente da Previsul

Assim como a Previsul, a MAG Seguros decidiu pagar indenizações, mesmo se no contrato houvesse a exclusão de pandemia. “Cientes do nosso importante papel para contribuir para a segurança financeira das famílias em um momento tão delicado, deliberamos realizar o pagamento integral de todos os benefícios para os casos de morte e invalidez permanente, inclusive para os contratos em que a epidemia/pandemia não estaria coberta”, comunicou a equipe da seguradora em nota.

MAG Seguros adere ao movimento empresarial #nãodemita
Helder Molina, CEO da MAG Seguros
Combate à vulnerabilidade

O inevitável desemprego aumentou o número de famílias sem renda. A falta de suprimentos, já muito presente na sociedade, virou realidade para milhares de outras pessoas. Sendo assim, atenta a essa baixa, o Seguro PASI fez sua parte criando o ‘Kit Solidariedade’, que contemplou centenas de famílias. Cerca de nove toneladas de alimentos foram distribuídos para todo o Brasil.

Em nota, a seguradora contou como é auxiliar as pessoas neste momento. “Proporcionar proteção e amparo para todas as pessoas, gerando inclusão social e bem-estar através do desenvolvimento de coberturas e benefícios inovadores e da disseminação da cultura do seguro de vida no país.”

PASI levará o 'Kit Solidariedade' para corretores ativos
Fabiana Resende, Vice-Presidente Executiva do PASI

A Allianz Seguros também se engajou no movimento de distribuição de insumos às famílias e promoveu doação de mais de 40 toneladas de itens de alimentos e de higiene à comunidade de Santa Rita.

Para o presidente da Allianz Seguros, Eduard Folch, a nova doação é fruto de um entendimento da importância de manter, por mais tempo, a cooperação às pessoas da comunidade Santa Rita durante esse momento de extrema dificuldade. “Sabemos que muitos provedores das famílias da região tiveram seus trabalhos afetados durante esse período de distanciamento social, dificultando a compra de itens considerados básicos. Nós, da Allianz, estamos voltados à corresponsabilidade social, apoiando ações que amenizem a situação dos moradores locais”, afirma.

Eduard Folch, presidente da Allianz Seguros
Eduard Folch, presidente da Allianz Seguros

Leia também:

Susep revoga 159 normas do setor de seguros

A Qualicorp, enfim, está segura de que, pelo seu tamanho e história, precisa desempenhar seu papel social em momentos conturbados. Por isso, em abril a companhia firmou parceria para entregar 102 leitos destinados a atender pacientes vítimas de covid-19.

A companhia, além disso, se preocupou com assistências aos corretores de seguros durante a pandemia. Entre as novidades houve a criação de um auxílio financeiro para os profissionais parceiros impactados pelo novo coronavírus e que, portanto, não tenham condições de trabalhar devido à doença. “O corretor de planos de saúde é essencial para que a população tenha acesso à medicina privada. Ele é parte estrutural e precisa ser compreendido e valorizado nessa condição. Esse é o nosso jeito de pensar e trabalhar”, destacou o Bruno Blatt, presidente da companhia.

Presidente da Qualicorp, Bruno Blatt
Presidente da Qualicorp, Bruno Blatt
Por fim, você pode debater sobre este e outros assuntos no grupo de WhatsApp da Seguro Nova Digital exclusivo para profissionais de seguros. Faça parte clicando aqui.
Leia a sétima edição da revista:

Sergio Vitor, jornalista especializado em seguros

Jornalista e editor da Seguro Nova Digital

Jornalista e editor da Seguro Nova Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top