CRM: Entenda o que é e como aplicá-lo em sua Corretora!

CRM: Entenda o que é e como aplicá-lo em sua Corretora!

Além de saber o que é CRM, neste post você perceberá como essa ferramenta pode ser usada em uma corretora para melhorar resultados. Após a leitura, você terá uma boa visão estratégica e operacional desse uso, a ponto de estar em condições de simular mentalmente o uso prático dela na sua corretora.

De antemão, saiba que muitos dos erros que geram perda de clientes são mais facilmente evitados com a melhora do relacionamento, proporcionada pelo CRM, que também contribui para os resultados gerais ao fornecer informações mais detalhadas e úteis sobre a forma que o cliente pode ser fidelizado. Confira!

O que é CRM?

CRM é a sigla para Customer Relationship Management, que traduzimos por Gestão de Relacionamento com o Cliente, ou seja, é um sistema elaborado para assumir o controle sobre os processos que envolvem o relacionamento com o cliente. Com base em dados detalhados sobre como ele se comporta na compra e no uso do serviço, é possível determinar políticas sobre como se relacionar com ele, com o objetivo de fidelizá-lo.

Pois é justamente o conjunto de processos, ações, práticas, ferramentas, estratégias e tecnologias usadas para gerenciar o relacionamento com o cliente que constitui o CRM. Contudo, também é assim que chamamos os sistemas informatizados usados para esse controle. Afinal, é impossível pensar nessa gestão sem a tecnologia certa. necessidades de um número suficiente de pessoas, não havendo justificativa para o investimento.

Qual sua importância para uma corretora?

É justamente a necessidade de um sistema que consideramos o primeiro aspecto de importância de um CRM: não é possível garantir uma boa estratégia de relacionamento sem ele. No início da atividade de uma corretora a boa memória até pode ajudar com a lembrança de vários detalhes sobre cada cliente, além de facilitar o controle sobre os processos de relacionamento. Contudo, conforme o volume de negócios aumenta, esse controle começa a ser perdido.

Como essa perda é gradual, a dificuldade pode não ser percebida com facilidade, até que a situação fique crítica e a eficiência seja perdida. Como um bom CRM armazena todos os detalhes sobre os consumidores, ele pode efetuar alguns procedimentos automaticamente, além de ser uma fonte de informações permanente sobre cada contato, com cada cliente.

alto nível de automação e de detalhamento sobre o perfil de cada segurado também permite aplicar uma boa estratégia de personalização no atendimento, que é fundamental para aumentar a satisfação e garantir a fidelização.

Esses detalhes caracterizam a importância mais estratégica de um CRM, pois ele permite que a equipe assuma uma nova postura e posicionamento em relação ao cliente. No lugar de se dedicar a tarefas operacionais e burocráticas, como organização de documentos e cálculos de cotação, a equipe pode se voltar para o atendimento, enquanto o sistema se ocupa com o que pode ser automatizado.

Como reflexo desse ganho estratégico, o aumento da produtividade é visível e mensurável, pois os corretores têm mais tempo dedicado a fechar negócios. Conhecendo mais o cliente com base nos dados armazenados, também fica mais fácil de atraí-los, o que diminui os custos de aquisição de clientes e facilita a prospecção.

Outro ponto fundamental é que o CRM tem um importante papel na estruturação da operação da corretora. Isso facilita o processo de digitalização, fundamental para promover vendas online e dar suporte à inovação.

Como o CRM ajuda na rotina de uma corretora?

Já deve estar claro que o CRM vai contribuir a partir da melhoria da gestão do tempo e da produtividade, pois ajuda a organizar e otimizar o relacionamento com o cliente, mas queremos oferecer uma visão mais prática do uso do sistema no seu dia a dia.

Desse ponto de vista, você deve considerar a organização desde o aspecto mais elementar dela: o físico. O CRM digitaliza boa parte dos documentos que uma corretora precisa manter arquivados, eliminando a necessidade de armazená-los em papel, o que também melhora a segurança e facilita o acesso aos dados neles contidos.

Segurança

O banco de dados estruturado de um CRM profissional preserva a privacidade e os dados sigilosos de seus clientes, o que é fundamental para garantir a confiabilidade na corretora e evitar punições, pois atualmente temos leis que regulam o uso de dados e protegem o consumidor.

Além de uma base estruturada e protegida de ações externas, o CRM também permite controlar o que cada usuário pode fazer e visualizar com o seu login e senha, facilitando a gestão da equipe.

Automação

Do ponto de vista operacional e da produtividade, a automação é um ponto alto em um CRM, que faz o recálculo automático de renovações, além do agendamento de cálculos perdidos em todos os ramos e seguradoras, bem como o envio automatizado de e-mails e SMS.

O CRM faz a geração automática de cotações e propostas, além de permitir pesquisas diversas sobre clientes e apólices, que podem ser feitas em menos de 1 segundo, agilizando os processos internos e o atendimento. Os cálculos anteriores podem ser aproveitados e você tem todo o controle da produção na própria ferramenta.

Comissões

Sobre o registro das comissões, que é uma tarefa que costuma exigir atenção e consome tempo para garantir precisão, você pode considerar um alto nível de automação, permitindo contar com relatórios automatizados com as previsões de comissões a pagar e a receber, baixa automática, percentuais de remuneração em vários níveis e regras diferenciadas de repasse.

Clientes

O relacionamento com o cliente vai ficar muito melhor com o controle e atendimento de sinistros, o que vai permitir que você se comunique com o segurado imediatamente a cada atualização. Um bom CRM também informa com avisos de envio de cotação, confirmação de contratação, vencimento de parcelas e renovações.

Pois bem, agora que você sabe exatamente o que é CRM, deve questionar os aspectos de retorno de investimento nessa ferramenta. Esse é um detalhe importante porque o ganho que a tecnologia oferece é significativamente maior que o investimento, o que faz que não contar com ela gere prejuízo, pois a corretora deixa de ganhar.

Por isso, entre em contato com nossa equipe agora mesmo. Você vai saber de todos os detalhes que precisa para fazer essa avaliação.

Partículas Seguro Nova Digital

   PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP PARA PROFISSIONAIS DE SEGUROS

Leia, por fim, a 12ª edição da revista:






©2024. Seguro Nova Digital, a revista online do mercado de seguros. Todos os direitos reservados.

Primeira revista digital do mercado segurador, a Seguro Nova Digital é o resultado de uma ampla pesquisa, baseada nas transformações do setor e dos consumidores. O veículo surge a partir da necessidade da criação de conteúdos exclusivos no ambiente online. Para atender a demanda de clientes e usuários de todas as idades, os meios eletrônicos dispõem de ferramentas peculiares que estimulam à leitura.

A praticidade diária, a capacidade de interação, o compartilhamento de ideias em pouco tempo e o apreço pelo meio ambiente são componentes que se alinham com as mudanças de hábito do consumidor e com o desenvolvimento do mercado de seguros.

Nosso objetivo é ser um meio efetivo de comunicação, com o público que a empresa deseja atingir. Queremos decidir pautas junto ao cliente, abrir espaço para interação entre corretores, ouvir opinião do consumidor final do produto/serviço, dialogar com os porta vozes das companhias, ser um canal de referência e oxigenação no mercado.

Para isso, além dos tradicionais veículos de comunicação (site, Facebook, Linkedin e Instagram), formaremos grupos de discussão e divulgação por Whatsapp, vídeos entrevistas, sempre enaltecendo à opinião dos corretores. Nossa missão é colocar a sua informação e sua marca no caminho do público-alvo.

Somos profissionais formados na área de comunicação: Jornalismo e Relações Públicas. Assim, por meio de uma análise de quatro anos do setor de seguros, entendemos que fazer um trabalho diversificado, de relevância e com grande expertise para o segmento é essencial àqueles que desejam contribuir para o mercado.